Portador de autismo, o jovem Bernardo Graff “desbancou” o finalista do TUF Brasil 3 e ex-UFC Márcio Lyoto aplicando uma guilhotina ainda no primeiro round em luta de apresentação na primeira edição do evento brasileiro RFA Fight, realizado no último final de semana, em Florianópolis. Ao todo, o card abrigou quatro nocautes e quatro finalizações.

“Um show de inclusão social. No final, o mais importante é passar a mensagem de que através do esporte conseguimos superar barreiras e limitações que a vida nos impõe. Portanto, só tenho a agradecer e a parabenizar os cascas-grossíssimas Bernardo Graff e Márcio Lyoto”, destacou Abadio Neto, um dos idealizadores do evento.

Leia mais aqui